Lançamento – 22.04.2017

Weslley Almeida é poeta e compositor. Nasceu em Feira de Santana-BA, morou na rua Turquia, onde principiou seus primeiros versos de pipa e viu malhadas de gados anunciando, nos garrotes, seus infinitos.

Graduou-se em letras pela UEFS. Foi membro da comissão editorial do Jornal Fuxico (do Núcleo de Investigações Transdisciplinares – NIT/UEFS), onde atuou como vice-coordenador. Atualmente, é colaborador e revisor do referido periódico.

Segundo o professor e poeta Piligra, essas memórias fósseis são o desvelar da poesia no tempo exato do poema. Assim, a leitura do conjunto desses poemas aponta para aqueles vestígios da língua que se perderam em nós – os fósseis de nossa alfabetização, reconstruída pela escavação da linguagem. Eis ao que convida este livro [e com ele] nasce o seu desafio, leitor: recordar, por meio dessas memórias, o seu passado de arqueólogo da palavra.

Lançamento do livro dia 22 de abril/2017 a partir das 18h no Museu de Arte Contemporânea.

convite Weslley

ATUALIZADO DIA 05-06-2017:

Anúncios